04/05/2021 - 06h37

Realidade Virtual na Construção civil

A Tribuna On-line / por Leonardo Barbosa Delfino
 
As pessoas estão 100% conectadas e querem ver a tecnologia sendo aplicada nas suas vidas
 
Como o nome sugere, a realidade virtual induz efeitos visuais, sonoros e até táteis que dão ao usuário a sensação real de estar em um ambiente que na verdade é simulado e só existe no mundo virtual. Ela não pode ser confundida com a realidade aumentada, em que objetos do mundo real são mesclados aos objetos do mundo virtual.
 
Na realidade virtual, tudo que a pessoa vê e escuta faz parte de um programa computacional. A forma mais comum de funcionamento da tecnologia é através de óculos de realidade virtual. Esses óculos cobrem completamente o campo de visão da pessoa e ela começa a enxergar apenas o que é mostrado por eles, como uma espécie de filme.
 
O diferencial aqui é que os ambientes são criados de forma tão realista que a pessoa tem a sensação de realmente estar caminhando sobre aquele lugar mostrado pelas lentes dos óculos.
 
Por que usar a realidade virtual na construção civil?
 
O velho modelo de plantas 2D ou maquetes 3D muitas vezes não é mais suficiente para conquistar o cliente. Atualmente, as pessoas estão 100% conectadas e querem ver a tecnologia sendo aplicada nas suas vidas.
 
Alguém pode te mostrar um projeto e descrevê-lo perfeitamente, mas se você conseguir “caminhar” por ele e observar todos os detalhes, a sua experiência será outra, não é mesmo?
 
Ao optar pelo uso de realidade virtual na construção civil, você estará valorizando o trabalho dos engenheiros, arquitetos e decoradores que trabalharam no projeto. Com a realidade virtual, o cliente conseguirá ter a sensação exata de como será seu novo imóvel e as suas chances de fechar a venda e encantar o cliente são muito maiores.
 
Além da melhor experiência, a realidade virtual ainda proporciona outra vantagem: o cliente pode “visitar” o imóvel sem precisar se deslocar até ele. Com as pessoas cada vez mais ocupadas e com menos tempo livre, poder levar o imóvel até o cliente também é um grande diferencial para uma construtora ou imobiliária.
 
Por fim, o custo da visita em realidade virtual pode ser mais baixo do que o custo da construção de uma unidade decorada!
 
Design de projeto
 
A realidade virtual na construção civil permite que o projeto de arquitetura e engenharia ganhe riquezas de detalhes. Afinal, são utilizados recursos visuais e de iluminação fisicamente perfeita. Em síntese, pode ser possível caminhar pelo projeto e selecionar quais áreas serão exibidas, ao contrário de projeções estáticas.
 
Quando o usuário movimenta a cabeça para os lados, para baixo e para cima, a câmera também acompanha esses movimentos. Dessa forma, traz a sensação de que ele está dentro da obra.
 
Assim, a realidade virtual facilita a comunicação entre os responsáveis pelo projeto, aumenta a qualidade e otimiza o tempo. Definitivamente, é mais fácil encontrar as incompatibilidades, aprovar alterações e analisar erros de interpretação. Frequentemente, até mesmo visualizar problemas que antes poderiam nem ter sido considerados.
 
Tours virtuais
 
Recentemente, se tornou muito comum que stands de compra e vendas de imóveis contem com tours virtuais. Simultaneamente, permitem uma experiência de imersão com os óculos de realidade virtual. Dessa forma, o cliente caminha por todo o imóvel como se ele já estivesse dentro dele.
 
Em síntese, isso otimiza o tempo das imobiliárias, que podem ter diversos imóveis à venda em um só lugar. Da mesma forma, economiza o tempo do cliente que tem facilidade em se ambientar no imóvel. Dessa forma, ambos não vão precisar sair do escritório para executar os processos de compra e venda.
 
Decoração
 
Quando um ambiente não está pronto, nem sempre é fácil visualizar a decoração do imóvel. Logo, para otimizar a experiência do cliente, a realidade virtual permite que as pessoas acessem o ambiente decorado e façam alterações antes mesmo dele estar pronto.
 
As alterações possíveis por essa tecnologia vão desde as cores até a disposição de móveis e eletrodomésticos, por exemplo. Assim também, trata-se de uma vantagem para o usuário que pode avaliar os detalhes antes mesmo da compra do imóvel. Bem como observar se os móveis de uma determinada empresa ficarão bem no ambiente, diminuindo suas chances de frustração.
 
Em resumo, Além de otimizar as experiências dos clientes, a tecnologia de Realidade Virtual ajuda a evitar erros e a melhorar a gestão de obras. Uma vez que é mais fácil encontrar as incompatibilidades, analisar os erros de interpretação e aprovar as alterações.
 
« Voltar