09/10/2019 - 00h12

Quais as cidades brasileiras em que é mais caro comprar apartamento?

Portogente
 
Importância cultural e econômica e bom Índice de Desenvolvimento Humano são alguns dos fatores que tornam a metragem mais cara em algumas cidades brasileiras.
 
Quando planejamos mudar de cidade realizamos algumas pesquisas com relação à compra de apartamentos. Nos quesitos mais importantes geralmente estão o custo-benefício de apartamentos em bairros bem localizados. No entanto, em algumas capitais os preços podem ser muito maiores do que se imagina.
 
Afinal, quanto custa comprar imóveis no Brasil? A resposta para essa pergunta é variável, pois os preços são muito diferentes em cada um dos estados brasileiros. Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, por exemplo, são as capitais mais caras para a compra de apartamentos, segundo o mercado imobiliário.
 
Mas quais as cidades mais caras para se comprar um imóvel?
 
1º Rio de Janeiro
 
Viver no Rio de Janeiro pode acabar saindo um pouco mais caro do que se imagina. Primeiro do ranking, o valor do metro quadrado na cidade é o mais alto, chegando a R$9.719, de acordo com um levantamento do FipeZap.
 
Atualmente, o Rio de janeiro conta com uma população de 6,32 milhões de pessoas, o que faz a demanda por moradias ser muito alta.
 
2º São Paulo
 
A famosa capital paulista também oferece um dos preços mais altos do país. De acordo o FipeZap, o valor do metro quadrado em São Paulo chega a R$8.703.
 
Além disso, São Paulo abriga, atualmente, 12,18 milhões de pessoas. A alta demanda por moradias é um dos motivos pelos quais ele ocupa o segundo lugar no ranking de cidades mais caras.
 
Além disso, a cidade é a mais importante do país. Capital da economia e da cultura, muita gente chega a São Paulo buscando fazer a vida, e, com a alta procura, os preços tendem mesmo a subir.
 
3º Brasília
 
No Distrito Federal, capital do país, o metro quadrado também está entre os mais altos e chega a R$7.814.
 
Um dos motivos que fazem a capital federal ser tão cara é, justamente, a presença de inúmeros políticos, como parlamentares, senadores, ministros e, obviamente, o presidente da República.
 
Como muita gente importante vive por lá, os imóveis também costumam apresentar um alto padrão, o que acaba encarecendo o metro quadrado.
 
4º Niterói
 
A cidade de Niterói, localizada no estado do Rio de Janeiro, tem o metro quadrado valendo R$7.258. É uma das únicas cidades do ranking que não é uma capital, mas apenas uma cidade populosa.
 
A cidade tem apenas 487 mil habitantes, no entanto, o que torna seus preços altos é sua localização próxima ao Rio de Janeiro.
 
5º Florianópolis
 
Florianópolis está com o m² no valor de R$6.870, de acordo com o levantamento realizado pelo FipeZap. Uma das cidades praianas mais importantes do Brasil, Floripa tem inúmeras belezas e, por causa de sua qualidade de vida, chama muito a atenção de diversos possíveis moradores.
 
É válido lembrar que a capital de Santa Catarina é a terceira cidade no ranking de Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), calculado pela ONU.
 
Esses são alguns dos fatores que fazem da cidade uma das que têm o maior valor pelo metro quadrado.
 
6º Belo Horizonte
 
Em Belo Horizonte, o FipeZap indica que o valor do m² é de R$6.395. A capital de Minas Gerais abriga, atualmente, 1,4 milhão de pessoas, número mais baixos comparado às outras capitais presentes na lista.
 
Apesar disso, a cidade é polo universitário e concentra algumas das fábricas e empresas mais importante do Brasil. Nesse sentido, torna-se atrativa para diversas pessoas. A alta procura ajuda a encarecer um pouco a metragem na capital mineira.
 
7º São Caetano do Sul
 
São Caetano do Sul, que ocupa a 7ª posição, tem imóveis com m² no valor de até R$5.985, de acordo com o FipeZap. Abrigando atualmente cerca de 149 mil pessoas, seus preços são altos devido à proximidade com a capital paulista e, além disso, a boa qualidade de vida que os habitantes da cidade têm.
 
No levantamento do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) ela é a primeira do país, o que pode ajudar a encarecer o valor de seus imóveis.
 
8º Recife
 
Em Recife, a pesquisa indica que o metro quadrado pode ser encontrado no valor de R$5.913. Atualmente, a cidade abriga cerca de 1,5 milhão de pessoas. Considerada uma das principais capitais culturais do país, Recife recebe milhares de turistas todos os anos, especialmente na época do carnaval.
 
A sua importância para a economia brasileira torna a capital do Pernambuco uma das cidades com metragem mais cara no Brasil.
 
9º Fortaleza
 
Fortaleza ocupa a penúltima posição do ranking das 10 cidades com metragem mais cara do país. Na cidade, o valor do metro quadrado pode chegar a R$5.872.
 
10º Curitiba
 
Curitiba - que das mais caras é a mais acessível - tem o m² no valor de R$5.756. Atualmente, a cidade abriga cerca de 1,7 milhão de pessoas e é um importante polo estudantil e empregatício.
 
« Voltar